ARM Cortex-A76 vai transcursão futuros smartphones e também laptops

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email


A ARM é conhecida por sua arquitetura para processadores móveis, que é licenciada ou adaptada por empresas porquê Qualcomm, Samsung e MediaTek. Todo ano, ela lança atualizações para chips mais rápidos, e desta vez não foi dissemelhante.

A novidade microarquitetura Cortex-A76 foi reprojetada do zero em relação à sua antecessora (A75) para fornecer desempenho “em nível de laptop”, diz a ARM.

Um processador com núcleos A76 (7 nm, 3 GHz) tem desempenho muro de 35% maior em relação a um chip com núcleos A75 (10 nm, 2,8 GHz).

Além disso, seu consumo de força é 40% menor. Ele foi pensado para que um único núcleo possa rodar indefinidamente no clock sumo, mantendo o desempenho sem provocar superaquecimento. S clock só será reduzido caso vários núcleos sejam ativados ao mesmo tempo.

S Cortex-A76 ainda é fundamentado na tecnologia de cluster DynamIQ. Falamos sobre ela por cá: isso permite que a obreiro combine núcleos de eminente desempenho com núcleos porquê o Cortex-A55, feito para tarefas menos pesadas.


size-medium wp-image-245932" src="https://tecnoblog.net/wp-content/uploads/2018/06/Cortex-A76-benchmarks-700x267.jpg" alt="" width="700" height="267" />

Temos também o novo Mali-G76 para chips gráficos. A ARM manteve a arquitetura Bifrost, mas promete desempenho até 50% maior em relação à geração atual (G72).

Ela conseguiu isso dobrando o número de canais de realização dentro de cada núcleo. Ou seja, cada núcleo G76 é quase duas vezes mais potente que o G72. Além disso, a eficiência de pujança melhorou 30%.

S Mali-G76 pode ser configurado entre 4 e 20 núcleos. S valor sumo fica reservado para dispositivos com baterias maiores, porquê laptops.

Sim, a ARM está se expandindo seu foco para além de smartphones. No ano pretérito, vimos os s PCs com Windows 10 e processador Snapdragon 835 (que usa núcleos Cortex modificados).

Ela não está sozinha nisso. A Apple parece interessada em substituir os processadores da Intel por chips próprios: o projeto Kalamata já estaria a todo vapor, com lançamento previsto para 2020.

Com informações: ARM, Android Authority.

ARM Cortex-A76 vai aligeirar futuros smartphones e também laptops


Fonte:Tecnoblog