,1-- -->

Desenvolvedor usa GameplayKit para criar utilitário de segurança para Macs

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email





GameplayKit

Talvez você nunca tenha ouvido falar do GameplayKit, mais uma das centenas de APIs1 disponibilizadas pela Apple — essa, responsável por fazer os jogos do Mac (e do iOS) responderem aos comandos e regras estabelecidos pelos desenvolvedores e rodarem mais eficientemente. Isso é bom: significa que a API simplesmente funciona, e você (se não for um desenvolvedor, claro) não precisa saber da sua existência. Interessante é o que o pesquisador de segurança Patrick Wardle criou a partir dela.

O desenvolvedor revelou, na última conferência de segurança RSA, um utilitário chamado GamePlan, que utiliza as rotinas do GameplayKit para um propósito que não necessariamente precisa ter nada a ver com jogos: em vez disso, o software utiliza a API para analisar atividades suspeitas ocorrendo no sistema que podem indicar a presença de malwares e outras ameaças.

Wardle explicou o conceito por trás do utilitário:

O GameplayKit cuida de administrar eventos e realizar ações. Em PacMan, por padrão, os fantasmas estão caçando o PacMan, então essa é uma regra. Se o PacMan come...

uma pastilha, os fantasmas fogem. Essa é outra regra. Então nós percebemos que a Apple tinha feito todo o trabalho duro por nós. A lógica de jogo pode ser usada muito eficientemente para processar eventos num sistema e enviar alertas.

Ou seja, o usuário pode, com o GamePlan, criar regras que disparem ou não alertas no sistema — tudo de acordo com os seus padrões de uso e com comportamentos que, no seu caso, possam representar ameaças. Alguém pode, por exemplo, configurar o utilitário para alertar todas as vezes que arquivos forem enviados, via internet, a um laptop da área de recursos humanos da empresa — mas não quando o envio for feito a um laptop da área de desenvolvimento, por exemplo.

Segundo Wardle, as opções para personalização do software são quase infinitas, e o usuário pode, a partir do GameplayKit, administrar aspectos como transferência de arquivos, conexão de periféricos, ativação da webcam/microfone, instalação de programas e muito mais.

Ainda não há uma previsão de lançamento do GamePlan para o público geral, mas ficaremos acompanhando as notícias sobre ele.

via WIRED


Fonte:MacMagazine