Review The Crew 2

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email





The Crew 2 é o novo game da franquia de corridas da Ubisoft para Xbox One, PC e PS4. O jogo traz uma proposta ousada de apresentar diversas categorias misturadas, de é preciso se especializar não apenas em correr com carros e motos, mas também pilotar aviões, lanchas e os mais loucos veículos. Confira o nosso review completo: Misturando tudo em um enorme mapa Desde quando foi anunciado, Crew 2 chama atenção por apresentar uma proposta diferente dos games de corrida convencionais: diversos tipos de veículos à disposição do jogador. Crew 2 (Foto: Divulgação) Isso é inserido na história de uma forma bem convincente. Você é um corredor que busca se promover na internet. Para isso, será preciso se associar a eventos de transmissões em busca de novos seguidores, que por sua vez trarão mais dinheiro para seu caixa. Isso faz com que você prove o seu potencial, mandando bem em centenas de provas com os mais variados veículos. Para completar, o palco para todas essas exibições não é nada menos que os EUA. Sim, Crew 2 traz um gigantesco mapa que simula todo território americano, fazendo com que você dispute, por exemplo, provas de rally em pleno deserto americano, corridas de moto nas ruas de NY, ou provas de velocidade sobre a água em rios artificiais no meio de Las Vegas. Jogabilidade diversificada Muitos foram os jogos que apostaram na premissa de variação de veículos para impulsionar suas vendas. Entretanto, poucos conseguiram executar tão bem como Crew 2. Isso porque o game conta com uma jogabilidade que muito bem diferenciada de acordo com a máquina utilizada pelo jogador. Crew 2 (Foto: Divulgação) E ela não fica limitada apenas ao tipo de “terreno” por de a prova será disputada. Em outras palavras, os carros variam de acordo com o tipo de competição. Dessa forma, veículos de corridas convencionais possuem uma forma de pilotar, que já muda quando as provas de rally são disputadas em meio a desertos e montanhas, e que se tornam ainda mais complexas no controle dos Monster Trucks. No controle, das aeronaves é preciso decorar bem o leque variado de manobras, já que todas as provas consistem em realizar uma série de tarefas e acumular pontos. E por fim, com as lanchas, é preciso saber lidar com a sensibilidade de guia-las, principalmente em curvas e no controle pós-quedas. Na prática, a jogabilidade em todos os modos citados acima é voltada para o Arcade. Ou seja, não há um busca pela simulação de controlar esses veículos como na vida real. Mesmo que Crew 2 conte com uma opção de ajustes dos veículos – que faz uma grande diferença durante as provas – não é preciso se preocupar em desacelerar o suficiente para entrar em uma curva, ou ter um excesso de cautela na hora de praticar uma manobra aérea perto do chão. Crew 2 (Foto: Divulgação) Já em relação a física aplicada no jogo, essa sim deixa muito a desejar. Em nossos testes, por diversos momentos, foi possível notar carros despencado e colidindo de uma maneira bem longe do real. O mesmo vale para alguns movimentos sobre a água e no controle das aeronaves. Por mais que o game tenha uma pegada arcade, esse movimentos irreais decepcionam bastante. Modos de jogo e sistema de evolução Crew 2 parte de uma premissa de que não é preciso se amarrar a um enredo ou uma sequência...

pré-programada para avançar no game. A prova disso é que, já no começo do jogo, você mesmo pode optar por qual caminho quer começar, seja terra, água ou ar. Lanchas estão presente em Crew 2 (Foto: Divulgação) Para não forçar o jogador a rodar pelo extenso mapa, o game aloca todas as provas disponíveis em seu menu principal, na aba Atividades. Lá se encontram liberadas todas as corridas e desafios que o seu número de seguidores permite competir. Eles funcionam como pontos de experiência, necessitando ao jogador se popularizar cada vez mais para liberar novas provas. Também há outras missões paralelas no game, como radares de velocidade e desafios de fotografia. Curiosamente, elas também ficam alocadas no mesmo lugar, na aba Atividades, provando mais uma vez que o intuito do game não é deixar o jogador explorando o gigantesco mapa. Talvez o único desafio que sobre, seja mesmo encontrar caixas de itens, que só podem ser encontradas pelo radar e com o seu veículo em movimento. E sobre o modo line, não há exatamente uma opção que permite encarar adversário a todo momento. Você até pode reunir sua equipe, com amigos da mesma rede line, em busca de vitórias e mais seguidores. Fica a sensação de que essa opção poderia ser explorada de uma forma mais ampla. Falta um modo line consistente ao jogo (Foto: Divulgação) Gráficos simples Em relação aos gráficos, Crew 2 deixa a desejar. Por mais que seus extenso leque de veículos seja muito bem reproduzido, com um detalhamento bem real e modelos fiéis as suas famosas marcas, ainda sim o título peca em diversos outros aspectos. O deles é em relação a ambientação do jogo. Não é fácil reproduzir um território tão extenso como o americano. E por mais que sua navegação seja feita de uma forma fictícia, ou seja, reduzindo bastante o comprimento de estradas e ruas, ainda sim falta um detalhamento maior. É possível notar a todo momento construções simples, com uma aparência “chapada” sem capricho algum. Ambientação de Crew 2 deixa a desejar (Foto: Divulgação) E quando outros elementos são inseridos, a coisa só piora. O jogo teve a “brilhante” ideia de inserir pessoas nos cenários de as provas são realizadas. Além desses personagens não possuírem quase nenhuma caracterização, eles se comportam de uma forma um tanto bizarra, seja quando correm na direção do veículo que parte em sua direção, ou quando atravessam outros elementos do cenário e paredes. Para completar, o seu próprio personagem fica devendo em relação a personalização. Há muitas opções de deixa-lo da forma que preferir, vestindo-o com roupas, e acessórios. Porém, ainda sim não há um detalhamento tão grande do mesmo, passando a sensação que estamos controlando um boneco de plástico. Conclusão Crew 2 é um game que diverte por contar com elementos bem diversificados, mas que deixa a desejar em aspectos técnicos. Por mais que seja agradável pilotar um leque tão extenso de carros, lanchas e aviões, decepciona bastante a ambientação simples do jogo e os diversos bugs ao longo de sua jornada. Quais os melhores jogos de corrida com modo multiplayer no PS4 e Xbox ? saiba mais Como ganhar dinheiro mais rápido em Crew 2, game de corrida da Ubi Saiba como mudar o visual do piloto em Crew 2 Crew 2: Confira dicas para jogar no PS4, Xbox One e PC
Fonte:Techtudo