,1-- -->

Siri ganha novas opções e não terá mais voz feminina como padrão

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email



A Siri, assistente virtual da Apple, sempre foi chamada no feminino por soar como uma mulher, mas isso está prestes a mudar. A nova versão beta do iOS 14.5 adiciona duas novas vozes na língua inglesa, com a introdução de tons masculinos.

Essa adição não vai oferecer apenas mais opções para customizar o seu iPhone, mas também trará aprimoramentos nas falas para torná-las mais naturais. Graças à tecnologia neural da empresa, as vozes devem parecer mais realísticas, sem pausas abruptas ou atropelo de palavras.

As duas novas vozes trazem uma variedade importante para o assistente virtual, já que oferece mais diversidade de dicções e ajuda o usuário a compreender melhor o que é dito. Confira como são as novas opções:

Segundo o site TechCrunch, a companhia não usará mais a voz feminina como padrão da Siri — em vez disso, as pessoas poderão escolher qual tonalidade mais agrada nas configurações do dispositivo. Agora, são quatro opções disponíveis para o inglês norte-americano.

Este último beta também atualizou as vozes Siri na Irlanda, Rússia e Itália para ajustá-las à tecnologia Neural, o que elevou o total para...

38. São mais de 25 bilhões de solicitações por mês em mais de 500 milhões de dispositivos, com suporte a 21 idiomas em 36 países.

Identificação e diversidade

A Maçã declarou, via comunicado, estar bastante entusiasmada em apresentar as duas novas vozes.

“Esta é uma continuação do compromisso de longa data da Apple com a inclusão, e produtos e serviços que são projetados para refletir melhor a diversidade do mundo em que vivemos”, celebrou a fabricante.

(Imagem: Omid Armin/Unsplash)

A novidade é uma forma de fugir da rotulação sexista à qual Apple, Google e Amazon recebem constantemente por usarem apenas vozes de mulher. Há quem acuse as empresas de utilizam tal artifício para agradar ao público masculino no intuito de vender mais dispositivos.

Por enquanto, não há informações quanto a chegada do recurso para outros idiomas, o que incluiria o português do Brasil. Mas, como a diversidade tem sido uma bandeira forte da empresa, é bem provável que uma voz masculina seja liberada em breve para o(a) assistente virtual daqui. Assim, ficará nas mãos do usuário decidir qual o tipo de fala mais o agrada.

Qual das opções você escolheria para seu iPhone? Comente.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.





Fonte